Está reformando o escritório? 5 dicas para te ajudar a economizar

Quem está reformando o escritório pode ter muitas dúvidas durante o processo, caso não tenha se planejado ou feito boas escolhas.

Apesar de ser um ambiente menor e que não exige tanta variedade em móveis e decoração como uma casa, os escritórios também precisam de atenção. Dessa forma, é possível garantir conforto e bem-estar, além de um ambiente que favorece o trabalho.

O local de trabalho é onde passamos a maior parte do tempo, por isso deve ser confortável, ergonômico, prático e organizado. 

Dessa forma, os profissionais melhoram a sua produtividade e conseguem se concentrar melhor.

Não precisa de luxo ou tudo o que há de mais moderno em móveis e equipamentos, mas que ofereça aos profissionais toda a praticidade e dinamismo de um ambiente profissional, além de conforto para garantir a saúde e o bem-estar.

Pensando nisso, neste artigo, vamos falar sobre a importância de um bom ambiente de trabalho e dar algumas dicas para quem está reformando o escritório.

 

Dicas para reformar o escritório

A reforma do local de trabalho pode envolver desde pequenos consertos até a reconstrução total do ambiente. 

Independentemente de como seja o seu projeto, é preciso estar atento a algumas dicas:

1. Utilizar móveis multifuncionais

Se além de reformar a intenção é trocar a mobília, como cadeira de escritório, os móveis multifuncionais são ótimos para ajudar a economizar dinheiro e espaço.

Eles deixam o ambiente com aspecto mais clean e agradável para os colaboradores, assim como para os clientes que visitarem o espaço.

Aqui, uma dica é procurar lojas de móveis planejados, pois eles oferecem mobílias multifuncionais em muitas opções, tais como:

  • Estantes;
  • Mesas;
  • Sofás;
  • Cadeiras.

2. Fazer o uso de materiais ecológicos

Uma das maiores necessidades na reforma de escritórios é fazer uma sala privativa

Para isso, é necessário uma parede que divida o ambiente e possibilite um espaço mais reservado para reuniões e outras necessidades do dia a dia.

Ao invés de construir uma parede comum, uma ótima ideia é usar o MDF ou as paredes dry wall. É uma opção resistente e visualmente agradável, além de ser fácil de instalar, pois não deixa resíduos e nem faz a sujeira comum da alvenaria.

3. Realizar um planejamento

Reformas deixam muita gente ansiosa para terminar logo por conta da bagunça e dos contratempos, mas isso pode ocasionar em mais gastos por agir por impulso.

Um planejamento detalhado é importante, que envolva pelo menos três orçamentos com diferentes empresas, lojas de construção e locais seguros de retirada de entulho de obra.

 

4. Calcular os gastos

É importante saber o custo total da reforma antes de começá-la. Dessa forma, é possível decidir se ela será feita por completo ou em partes.

É durante esse planejamento que conseguimos saber as vantagens de um desconto para pagamentos à vista ou se parcelar é mais viável, por exemplo.

 

5.    Dar atenção ao acabamento

O acabamento precisa ter tanta qualidade quanto a reforma e os móveis. 

Essa etapa não pode ser negligenciada, portanto, é necessário pesquisar os produtos sem focar apenas no menor preço, mas também na qualidade.

A durabilidade dos acabamentos também é importante para os escritórios, isso porque se não tiver qualidade, novas reformas e ajustes precisarão ser feitos ao longo do tempo.

 

Conclusão

Ter um ambiente de trabalho agradável e renovado pode ser mais vantajoso do que você imagina. Para isso, basta se planejar e estar atento às possibilidades e novidades do mercado.

Também é importante priorizar fornecedores e profissionais de qualidade e experientes, pois eles vão garantir que o projeto fique perfeito. Assim, seu novo escritório vai aumentar sua produtividade e a dos demais colaboradores.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.