Como adaptar a sua casa em escritório para ser mais produtivo

Transformar uma casa em escritório pode ser uma excelente maneira de melhorar a produtividade do home office.

Isso porque, muitas pessoas estão trabalhando em casa, mas têm sentido dificuldade em manter a produtividade.

Uma repaginada no ambiente, pode ajudar a melhorar o dia de trabalho, além de proporcionar mais conforto e bem-estar.

Pensando nisso, neste artigo, vamos dar algumas dicas para que você consiga adaptar um cômodo da sua casa, tornando-o um ambiente ideal para a sua rotina.

A importância de um local exclusivo

Trabalhar em casa pode ser sinônimo de dificuldades para algumas pessoas, principalmente por conta do local de trabalho. 

Nem sempre temos um espaço exclusivo para isso, mas essa realidade não precisa ser um problema.

Para que você consiga fazer um bom home office, em primeiro lugar, é importante ter um local para trabalhar, não precisando ser necessariamente em um lugar exclusivo. 

No início, pode ser difícil encontrar um ambiente adequado para as atividades do dia a dia, mas com itens simples, como uma luminária para quarto é possível começar a fazer as mudanças necessárias.

Como adaptar um cômodo para trabalhar

Agora que diversas pessoas foram obrigadas a mudar a maneira como trabalham, muita gente se viu na necessidade de fazer algumas mudanças para manter a rotina de trabalho. 

E a tendência é que essa nova realidade permaneça para muitos profissionais.

Muitas organizações estão vendo no home office uma excelente maneira de economizar e poupar investimentos em espaço físico, por isso, o ideal é colocar em prática dicas como:

  • Separar um canto de um cômodo;
  • Analisar a iluminação;
  • Respeitar os horários de trabalho;
  • Tentar manter uma rotina.

Feito isso, é hora de providenciar as adaptações, sem precisar de uma reforma predial. E algumas dicas são:

1 – Escrivaninha como mesa de apoio da cama

Seja por falta de espaço ou porque o profissional não deseja olhar para o “escritório” quando estiver na cama, uma boa dica é colocar uma mesa de trabalho no lugar de uma mesa de apoio.

Essa ideia aproveita melhor o espaço disponível e evita que a pessoa tenha contato visual com papéis, computador e outros itens em seus momentos de descanso.

2 – Espaço definitivo de trabalho

Para quem definitivamente trabalha dessa maneira e não pretende voltar a trabalhar fora de casa, uma boa dica é dedicar uma parede toda para o espaço de trabalho.

Pode ser na sala ou no quarto, no entanto, é importante lembrar que, se for um local definitivo, precisa ser em um ambiente silencioso onde o profissional possa se concentrar.

Uma boa ideia é dispor uma mesa que ocupe toda a largura de uma das paredes. 

Dessa forma, é possível organizar todos os materiais de trabalho, como computador, impressora, papéis etc.

Para deixar o espaço ainda mais confortável, usar papel de parede vinílico é uma boa dica, pois ele deixa o ambiente mais bonito para o dia a dia de trabalho.

3 – Móveis confortáveis

Os móveis precisam ser ergonômicos, isto é, que otimizem o bem-estar do colaborador. 

Por isso, se o orçamento estiver um pouco apertado, invista pelo menos em uma boa cadeira, para que sua coluna não seja prejudicada.

4 – Ambiente menos poluído

Lembre-se de que o escritório vai dividir espaço com a sala ou quarto, por isso, quanto mais organizado ele for, menos poluição visual ele causa.

Conclusão

Transformar um espaço em escritório para o trabalho auxilia na concentração nas tarefas e também em outros momentos, como na hora de ler um livro ou estudar.

É uma maneira de aproveitar todo o conforto do lar para melhorar a produtividade em qualquer atividade, com um home office muito agradável.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Investimento em mídia online, descubra por onde começar

O investimento em mídia online cresceu muito nos últimos anos, devido ao avanço da internet e a mudança de comportamento das pessoas (que buscam por produtos e serviços em ambientes digitais).

Caracteriza-se como mídia online qualquer espaço publicitário, site ou veículo de comunicação na internet, que oferece a oportunidade de divulgação de produtos ou serviços para empreendimentos.

Desse modo, assim como ocorre nos meios tradicionais, como um papel timbrado empresa, jornais, revistas ou comercial de rádio, a intenção da mídia online é promover algo, porém com anúncios feitos na internet.

No artigo de hoje, descubra por onde começar a investir em mídia online e quais são os benefícios da estratégia para a sua empresa.

Por que investir em mídia online?

De acordo com a pesquisa TIC Domicílios, o número de brasileiros com acesso a internet tem crescido exponencialmente, com mais de 70% da população conectada, o que é equivalente a 126,9 milhões de pessoas.

Com esses números, já é possível ter uma ideia da importância das plataformas online para a divulgação dos negócios. 

Hoje em dia, praticamente todos os tipos de negócio estão na internet: desde uma empresa de demolição, até lojas de roupas e profissionais autônomos.

Além disso, o próprio comportamento do consumidor está mudando frente às novas tecnologias. A longo prazo, espera-se que a aplicação do Marketing Digital será inevitável e grande parte dos investimentos serão destinadas às mídias online, superando as mídias offline.

Afinal, mesmo quando o seu público-alvo não utiliza a internet para realizar compras, a tendência é que esse cenário se modifique aos poucos e, no futuro, a sua audiência irá procurar por produtos e serviços online.

3 dicas de investimento em mídia online para sua empresa

Uma das grandes vantagens de investimento em mídia online é a diversidade de formatos. Mas, para alcançar bons resultados, é preciso focar em planejamento. 

A seguir, separamos algumas dicas de como começar a divulgar sua empresa na internet. Confira!

1 – Redes sociais

As redes sociais tomam conta da internet. Por isso, os empreendedores digitais que estão começando agora podem começar com a criação de perfis corporativos e fanpages para a divulgação de seus negócios. As alternativas são:

  • Páginas no Facebook;
  • Conta comercial no Instagram;
  • Conta comercial no Twitter;
  • Página no LinkedIn.

Há uma grande infinidade de redes sociais e para escolher o canal certo, vale a pena saber onde o seu público está.

2 – Aplicativos

Os aplicativos também tornaram-se mídias online capazes de divulgar produtos e serviços. 

Assim, uma empresa de entrega de encomendas pode se cadastrar em uma plataforma e receber pedidos diretamente por lá.

3 – Criação de conteúdo

É sabido que materiais relevantes são a grande moeda de troca da internet. Por esse motivo, é importante que as empresas invistam na criação de conteúdos, como blog posts, e-mail marketing, boletins informativos, e-books, etc.

Dessa forma, além de divulgar o seu produto ou serviço, também é possível educar o seu público-alvo a respeito do seu negócio, o que contribui para aumentar a credibilidade da empresa no mercado.

Outra opção é usar o SEO, ou “otimização para os mecanismos de busca”, um conjunto de técnicas que melhora a classificação da sua página web nos sites de pesquisa, como o Google.

Conclusão

As mídias online estão em alta. Com inúmeros formatos, elas são capazes de divulgar a sua empresa para uma grande audiência e construir uma forte presença da marca.

Diante do crescimento exponencial do número de usuários da internet, investir em mídias online tornou-se uma obrigação, não mais um diferencial. 

Por esse motivo, a procura por soluções em Marketing Digital é cada vez mais frequente e necessária.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 

Como manter os seus funcionários motivados em casa?

Se você é empresário, e decidiu apostar no formato de trabalho remoto, certamente uma das dúvidas principais que surgiram no seu horizonte foi: como manter os funcionários motivados no home office?

O trabalho a distância tem ganhado a preferência no cenário mundial: um estudo feito pelo International Workplace Group (IWG) com 15 mil pessoas revelou que 83% dão preferência para vagas com flexibilidade em relação ao home office.

No Brasil, a Pesquisa dos Profissionais Brasileiros da Catho mostra que 25% dos entrevistados usam o recurso de poder realizar suas funções diretamente de casa ao menos uma vez por semana.

Isso quer dizer que uma gráfica de impressão digital já precisa considerar os benefícios do home office, possibilitando assim que o seu negócio cresça e esteja de acordo com as principais tendências do mercado.  

Sem dúvida, um dos maiores receios dos donos das empresas está justamente em como manter os seus profissionais produtivos, para que os resultados possam ser colhidos mesmo quando se trabalha a distância. 

Para conhecer algumas recomendações que podem ajudar no engajamento dos seus colaboradores, siga na leitura deste artigo e saiba mais sobre o assunto.

Como funciona e quais são os benefícios do home office?

Muitas das funções exercidas pelo time de funcionários de uma fábrica de cortina branca para quarto, por exemplo, são administrativas, e poderiam ser feitas de modo tranquilo em qualquer local que o colaborador estivesse.

Isso porque ele só precisaria de um computador com acesso à internet e de alguns outros recursos eletrônicos para concluir as suas funções. 

Diante disso, surge o formato de trabalho remoto, que permite a realização de atividades mesmo que se esteja fora da empresa. 

Não à toa, o home office oferece uma série de vantagens, para as empresas e os seus funcionários, tais como:

  • Diminuição de custos com transporte;
  • Menos tempo perdido no trânsito;
  • Maior conforto e comodidade;
  • Menores gastos com estrutura física;
  • Aumento do bem-estar e da produtividade;.
  • Entre outros.

Nesse sentido, é cada vez mais comum que as companhias apostem nessa alternativa para colher benefícios para o empreendimento, como optar por um aluguel de sala por hora para reuniões, em vez de ter um alto custo de aluguel para manter a estrutura do local.

Ao mesmo tempo, o home office proporciona vantagens para a sua equipe, que não precisa estar em meios de transporte sempre lotados e perder longas horas do dia com deslocamento. 

Assim, o trabalho remoto acaba por diminuir o estresse, potencializar os resultados e aumenta o bem-estar de todos os envolvidos.

Dicas para manter os funcionários motivados

Algumas dicas simples podem contribuir para que os seus funcionários permaneçam motivados, mesmo trabalhando a distância. 

1. Manter uma boa comunicação

Estar sempre em contato com os seus colaboradores é essencial, criando um vínculo de trabalho e possibilitando que dúvidas possam ser sanadas rapidamente. 

2. Estabelecer contato entre liderança e funcionários

Para que o trabalho possa ser entregue de modo pontual e assertivo, é fundamental que os líderes estejam sempre disponíveis para a equipe, indicando o que precisa ser feito e auxiliando em qualquer etapa do trabalho. 

3. Investir em formação

Colher bons resultados dependerá do quanto o profissional está preparado e é valorizado pela empresa. Por isso, não deixe de investir em cursos para o aperfeiçoamento das qualificações dos seus colaboradores.

Além de ser benéfico para a companhia, essa pode ser uma forma interessante de contribuir para a formação dos profissionais, permitindo que eles sejam valorizados no mercado de trabalho. 

Manter os seus funcionários motivados é o melhor caminho para o crescimento da empresa, permitindo assim, que ela conquiste o sucesso dentro do seu segmento. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.