10 tratamentos estéticos mais procurados

 

Tratamento para Queloide

A queloide é uma cicatrização anormal de um tecido. Provoca dor, causa vermelhidão e um incômodo para o paciente. A ferida tem que ser muito higienizada e não tem como evitar.

Para melhorar essa condição, sempre aproxime as bordas cirúrgicas, são curativos que melhoram a queloide. Além disso, também existem lasers que são usados imediatamente no pós-cirúrgico e que melhoram a cicatrização. Esses lasers fazem com que as células da cicatrização se organizem para que ocorra da melhor maneira.

Uma vez que a cicatrização ocorra, o laser ajuda a diminuir a espessura da cicatriz. E ajuda também a melhorar a contratilidade.

Tratamento para Estrias

As estrias são alteração dermatológicas comuns na pele. Elas passam por alguns estágios. Na fase inicial é uma estria avermelhada ou violácea, ela pode estar elevada e causar uma irritação local. Já posteriormente, no estágio final, a estria torna-se branca e atrofiada.

Para a estria que se encontra na fase inicial é indicado o tratamento que interrompa o processo inflamatório, associado ao remodelamento do tecido elástico da estria. Tratamento com tecnologias que suprimam a parte vascular, assim como a luz intensa pulsada ou pulsed dye laser, associados à melhora da textura da pele com peelings químicos ou laser fracionado ablativo com lasers ou radiofrequência. O procedimento exige múltiplas sessões para melhores resultados.

As estrias que se encontram no estágio final não contêm processo inflamatório e apresenta tecido cicatricial, por isso, leva mais tempo para o remodelamento. Nesse caso, pode ser realizada subcisão como um primeiro tratamento. Laser fracionado ablativo em múltiplas sessões, peelings químicos e microdermoabrasão.

Tratamento para Melasma

O grande vilão das mulheres, que pode surgir em qualquer fase da vida e até comprometer a autoestima feminina. Melasma é o surgimento de manchas hiperpigmentadas, em tons de marrom, podendo aparecer no rosto e, mais raramente, em outras partes do corpo.

São 3 tipos de melasmas distintos:

Epidérmico: Quando a hiperpigmentação se encontra na camada mais superficial da pele.

Dérmico: Quando o acúmulo de melanina está localizado ao redor dos vasos profundos e superficiais.

Misto: Quando há um excesso de pigmentação na epiderme, na derme e em outros locais.

O tratamento pode variar de acordo com o tipo. Algumas alternativas são:

Cremes Tópicos: Produtos à base de ácido glicólico, hidroquinona ou ácido retinóico. Essas substâncias são capazes de estabilizar e diminuir o problema a longo prazo. Para um resultado satisfatório, o tratamento deve ser contínuo.

Peeling: Um dos procedimentos mais poderosos para clarear a pele gradualmente, com mais rapidez e eficácia do que os cremes de uso tópico. Prefira sempre as opções de peeling mais superficiais e seguras.

Laser: Em último caso, o tratamento a laser também é uma opção, utilizando energia luminosa que ajudam a diminuir as imperfeições. Mas atenção, caso o tratamento não seja aplicado de forma adequada, o aspecto das manchas pode se agravar.

Tratamento para Rosácea:

Alguns sinais de rosácea são: pele sensível, rosto vermelho e pele facilmente irritada. Tem uma pequena causa genética e tem o aumento de uma bactéria na pele e de um protozoário que é o demodex que causa a rosácea.

Existem 4 graus da doença e o tratamento depende do grau que se encontra.

Caso seja grau 1, quando a pele fica vermelha com determinados agravantes, o tratamento é simples. Basta evitar produtos com álcool e a ingestão dele. O que vai ajudar a melhorar são produtos com água, água micelar, protetor solar com base não alcoólicas.

O grau 2 é a rosácea que não só fica vermelhinha, mas também apresenta pequenos pontinhos vermelhos que coçam e incomodam. Nesse caso é necessário a intervenção de um médico dermatologista. Usar produtos adequados para a pele, como alguns produtos à base de metronidazol, calmantes e aloe vera que melhoram a situação local da pele.

No grau 3 apresenta alguns vasos que já se dilataram na pele, que é chamada rosácea telangiectásica. É possível ver alguns vasinhos no nariz e rosto, para esse tratamento é preciso procurar a ajuda do Laser.

Já no último grau, é quando apresenta Rinofima, um nariz aumentado pelo tamanho da glândula sebácea. Nesse caso, o tratamento tem que ser mais agressivo. O laser vai descamar o nariz e diminuir as glândulas sebáceas que estão aumentadas. Existem também tratamentos cirúrgicos.

Tratamento para Urticaria:

Urticária é uma irritação de pele caracterizada por elevações avermelhadas na pele, desencadeada pela ação da histamina no organismo. Essas lesões podem surgir e desaparecer espontaneamente em diferentes locais do corpo, provocando coceira intensa e pode vir acompanhada de inchaço nas mãos, pés ou rostos.

Existem alguns tipos de urticária:

Urticária Física: Menos frequente e geralmente desencadeadas por situação relacionadas ao ambiente externo como banhos quentes, sol etc.

Urticária Aguda: Os sintomas duram menos de seis semanas.

Urticária Crônica: Os sinais persistem por seis semanas ou mais, podendo ser classificada como:

Urticária Crônica Induzida: Quando os sintomas são desencadeados por um agente externo como alimentos, estímulos físicos, medicamentos etc.

Urticária crônica espontânea: Quando não há identificação de um fator externo desencadeante da doença.

Para o tratamento é fundamental o acompanhamento adequado com especialistas. Grande parte dos pacientes conseguem viver sem nenhum sinal ou sintoma quando recebem o tratamento adequado.

A abordagem padrão é anti-histamínicos não sedantes, que age diretamente no bloqueio da ação da histamina.

Peeling de diamante:

Uma das alternativas mais conhecidas e pedidas para melhorar o aspecto da pele e para rejuvenescer é o peeling de diamante. Ele é capaz de remover células mortas e promove a renovação celular e estimula a produção de colágeno na pele, deixando-a mais firme e uniforme.

O peeling de diamante pode também ser aplicado em outras áreas do corpo, como no pescoço e colo, costas e braço e para auxiliar no tratamento de manchas e estrias brancas ou vermelhas.

Esse tipo de tratamento é menos agressivo do que outros procedimentos estéticos que utilizam substâncias químicas. Indolor e não provoca descamação após a sessão. Para resultados satisfatórios são necessários de 5 a 10 sessões do peeling. Entre a segunda e a terceira sessão já é possível notar melhora na textura da pele. Para minimizar manchas e poros dilatados, são feitas aplicações mais superficiais, enquanto para linhas finas, rugas e cicatrizes, as aplicações são mais profundas.

Tratamento para Telangiectasia

Também conhecido como aranhas vasculares, são pequenos vasinhos capilares vermelhos ou roxos que surgem na superfície da pele, são finos e ramificados. Na maioria das vezes, não apresentam riscos a saúde, mas ajudam no diagnostico de doenças como no caso de varizes e rosácea.

O tratamento pode ser realizado com procedimentos clínicos, como a escleroterapia. Nessa técnica, uma substância específica é injetada na região e seca os vasinhos. Geralmente é escolhido para tratar as lesões da perna. Além disso, pode-se optar por eletrocirurgia.

Os vasos do rosto, podem ser tratados através da aplicação de luz intensa pulsada ou do laser Nd-YAG 1064nm.

Para os vasos da perna pode optar pela escleroterapia e aplicação de laser Nd-YAG 1064nm. E sempre é indicada a avaliação prévia com o médico cirurgião vascular, que irá verificar a presença de comprometimento de vasos profundos das pernas.

Tratamento para Bigode chinês

As marcas de expressão variam muito de pessoas para pessoa, mas são inevitáveis para todos nós. Uma das mais incomodas é o chamado Sulco Nasogeniano, que ganhou um pseudônimo popular, o famoso bigode chinês.

Para a suavização da marca, é importante sempre procurar um dermatologista, ele vai avaliar o tipo de solução que melhor surtirá efeito na sua pele.

Quando é indicado um tratamento externo, com cremes e séruns, as opções vão conter, entre seus ativos, substâncias como ácido hialurônico e/ou ácido retinóico. Esses compostos trabalharão para hidratar a pele.

Se o caso pedir um tratamento mais intenso, são diversas opções. Entre todas as possibilidades, estão os peelings, a radiofrequência, o ultrassom microfocado, o laser e até técnicas de preenchimento para bigode chinês. Todos eles contribuirão para preencher regiões estratégicas, estimular a hidratação e revitalização da pele.

Tratamento para Xantelasma

Xantelasma são os acúmulos de gordura que aparecem nas regiões palpebrais. Esse surgimento pode estar relacionado com alterações dos lipídeos sanguíneos, ou ser apenas decorrente de alterações locais do metabolismo das gorduras.

O tratamento visa a destruição ou retirada cirúrgica das lesões. Pode ser feito através de aplicação de substâncias cáusticas para a cauterização química, eletrocoagulação, laser ou retirada cirúrgica com fechamento por sutura. O tipo de procedimento vai depender da extensão das lesões e de cada caso, devendo ser indicada pela dermatologista.

Tratamento para Micose de unha

Unhas grossas são um problema comum e que nem sempre é sinal de micose. Quando isso acontece é preciso primeiro fazer um exame da unha. Uma vez diagnosticado o problema da micose da unha, identificado o fungo, será realizado o tratamento com o melhor remédio contra esse fungo especificamente.

Para ajudar a diminuir o crescimento do fungo, pode ser utilizado o laser. Onde é feito um desbastamento mecânico da unha com um aparelho como o laser de CO2, assim, as unhas ficam mais finas e o remédio penetra melhor.

Após isso, é utilizado outro equipamento que vai esquentar a unha. Esse calor inibe o crescimento do fungo que não gosta da temperatura alta. Junto com isso é colocado um remédio específico, com outra luz que também inibe o crescimento do fungo.

A inibição do fungo, a diminuição da espessura da unha e o calor, vão matar o fungo e fazer com que a unha cresça saudável.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *