Quais os gastos de quem possui um carro e como gerenciar

Quem tem um carro sabe que o veículo demanda alguns gastos, que vão além da compra propriamente dita, incluindo também o combustível, IPVA (imposto sobre propriedade do veículo), manutenção, entre muitos outros.

 

Em geral, o mês de janeiro costuma ser o mais pesado, justamente por conta dos tributos, além de envolver todos os custos com as viagens com o carro, que normalmente são feitas no final do ano.

 

Por esse motivo, o artigo de hoje vai tratar mais sobre quais os gastos de quem possui um carro e como gerenciá-los, para não ter dívidas posteriores e alcançar um controle maior da sua vida financeira. Acompanhe a leitura!

Prefira mensalidades de IPVA e seguro

Os carros costumam ter duas despesas anuais: o IPVA e o seguro. É comum que ambas sejam cobradas logo no início do ano, embora o seguro possa ter alguma variação, conforme o contrato estabelecido.

 

No entanto, um jeito de não gastar de uma vez com esses custos é separar uma quantia mensal, destinada ao combo de imposto e seguro. A dica é verificar quanto foi o IPVA e o preço do seguro no ano passado e separar 12 parcelas correspondentes ao valor da soma.

 

Dessa forma, é possível garantir o dinheiro para o pagamento à vista e com desconto. Para quem guarda esse valor em algum investimento ou poupança, é melhor ainda, pois há chances de sobrar uma boa quantia, oriunda dos juros.

 

Essa quantidade “a mais” pode ser usada para muitos fins, como a realização de uma limpeza técnica, troca de componentes do carro, entre outros.

Considere trajetos que podem ser feitos em aplicativos

Um dos maiores gastos do carro é com o combustível. No entanto, com a chegada dos aplicativos de carona, em que é possível compartilhar uma corrida, ou até mesmo chamar um táxi, alguns trajetos compensam muito mais.

 

É aquela velha história: muitas vezes, optar pela locação de guindaste é mais barato do que comprar o equipamento. A mesma situação vale para a questão dos veículos.

 

Quando se vai até um local com mais de uma pessoa, pode ser interessante dividir os gastos com pedido de carona em aplicativos, pois eles saem muito mais barato do que o preço de 1 litro de combustível.

 

Para quem vai em festas ou bares, a recomendação é ir realmente de táxi ou caronas compartilhadas, justamente para evitar multas, acidentes de trânsito e outras inconveniências que podem prejudicar o seu bolso, além de trazer risco à vida.

Faça revisões periódicas no automóvel

As revisões do carro são fundamentais para garantir não só a conservação do automóvel, mas também reduzir custos.

 

Se pensarmos, por exemplo, em uma outra máquina, como uma esteira transportadora, os gastos com a compra de um equipamento novo são muito maiores do que a manutenção dos componentes. Para os carros, a lógica é a mesma.

 

Quer dizer que a manutenção preventiva irá garantir não só o aumento da vida útil do veículo, mas também uma série de benefícios, como:

 

  • Evitar a troca de componentes caros;
  • Diminuir os riscos de acidentes de trânsito;
  • Melhorar o valor agregado do veículo;
  • Contribuir com melhor dirigibilidade para o condutor;
  • Oferecer segurança aos passageiros.

 

Inclusive, muitas concessionárias oferecem revisões gratuitas aos clientes, já inclusas no preço total do carro. É importante fazê-las, além de verificar outras condições do veículo, como nível do óleo, da água, aspectos dos pneus, etc.

Evite trocar de carro em intervalos muito curtos

Sabemos que a tentação de comprar um carro novo é muito forte, principalmente nas pessoas que são amantes de veículos.

 

Além do mais, é comum que a tecnologia se aprimore e os novos modelos apresentem muitas funcionalidades, como detector de fumaça no carro.

 

Contudo, o recomendável é controlar a vontade de comprar um automóvel novo, principalmente em períodos curtos de tempo (menos de 3 anos). Isso ocorre porque a desvalorização é muito grande, o que pode significar perda de dinheiro.

Conclusão

Os carros têm muitos gastos envolvidos, que nem sempre são considerados quando fazemos a compra do automóvel. No entanto, é importante fazer todas as contas corretamente, para gerenciar os custos e manter uma vida financeira sustentável.

 

O artigo de hoje trouxe algumas dicas de como gerenciar os gastos do seu carro. Dessa forma, será possível usufruir de um veículo em perfeitas condições e, além disso, controlar o seu dinheiro da melhor maneira.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.